Arquivo | março, 2012

Dica amiga: passo-a-passo para recuperar maquiagem quebrada!

24 mar

Quem nunca abriu a bolsa depois de uma viagem e se deparou com aquele blush maravilhoso todo quebrado e esfarelado?

Amigas, isso já aconteceu comigo, com maquiagens das mais caras às mais baratas. Dá vontade de chorar, não é mesmo?

Pois então. Há tempos pesquisei sobre como poderia recuperar minha maquiagem quebrada. E não é que descobri um jeitinho? Abaixo compartilho o passo-a-passo ilustrado, é muito simples e (quase) não faz bagunça.

Você vai precisar de:
– maquiagem quebrada;
– álcool líquido;
– recipiente liso, limpo e seco;
– papel toalha;
– espátula;
– moeda ou copo ou vidro de conserva (LIMPOS) para fazer pressão (depende do tamanho da embalagem da maquiagem quebrada).
DSC_0246

Antes de tudo, arrume uma superfície lisa e limpa, e forre-a com um pano limpo ou papel. Neste link podemos ver como o blush mosaico da NYX era, e abaixo, o estado em que ficou, após a quebra. (Imagens fortes.)

DSC_0243
DSC_0244

A primeira coisa a fazer é remover da embalagem todos os pedaços da maquiagem, despejando tudo num recipiente liso (o meu é de porcelana), bem limpo e seco.
Limpe com o álcool e o papel toalha a embalagem da maquiagem, para não deixar nenhum resíduo. Seque bem e reserve.

DSC_0248
Pegue o recipiente com os pedaços da maquiagem e despeje GOTAS de álcool líquido.

DSC_0249

Com a espátula, vá misturando. Aos poucos, goteje mais álcool. A mistura não deve ficar muito úmida, muito menos líquida. Procure ir fazendo tudo com calma e aos poucos. Note que ao misturar a maquiagem com o álcool, ela vai se tornando uma pasta bem dura, a textura lembra argila quase seca. A impressão que dá é que ela vai absorvendo todas as partículas de pó solto no recipiente, tornando uma massa única.

DSC_0250
DSC_0251
Com a ajuda da espátula, transfira a massa para a embalagem da maquiagem.

DSC_0252

Pegue o papel toalha e dobre 01 ou 02 folhas, de forma que o papel fique bem espesso. (Se ao invés do papel toalha preferir utilizar um paninho limpo e fino, pule esta etapa.)

Pressione a massa da maquiagem com a ajuda do fundo do copo, por cima do papel toalha. No meu caso, utilizei a tampa de um vidro de conserva vazio. Cuidado para não pressionar demais e quebrar a embalagem da sua maquiagem!

DSC_0253

O tamanho da embalagem da maquiagem é que determina o tamanho do objeto para fazer pressão. Mas se for uma sombra unitária, por exemplo, pode-se desinfetar uma moeda (do mesmo tamanho ou um pouco menor) para pressionar. Este passo também pode ser feito com a ajuda do fundo de uma colher, com a própria espátula, enfim, qualquer objeto resistente e liso.

DSC_0255

Note que à medida em que o papel é pressionado, a umidade vai sendo absorvida por ele. Repita esta operação, mudando o papel/pano de lugar, quantas vezes achar necessário, ou até que o papel (ou pano) saiam quase secos.

DSC_0256

A partir daí, sua maquiagem já está quase pronta, pois ela ainda estará muito úmida. Sendo assim, deixe-a secando o máximo possível. Dependendo do clima, até mais de 01 dia inteiro.

DSC_0257

É óbvio que a sua maquiagem que possuía mosaico ou outros desenhos, após quebrada e recuperada com o passo-a-passo acima, o desenho irá se perder totalmente. No entanto, o resultado das cores misturadas se mantém, e o que importa é poder utilizar seu blush rico novamente, certo?

Já testei com bronzer, blush e sombras, e sempre deu certo.

DSC_0258

Mãos à obra?

Ana Letícia.
@analeticia

(Texto e fotos: Ana Letícia.)

Anúncios

Dica amiga: Ópera e Ballet no cinema!

11 mar


Para quem curte Ópera ou Ballet, imagine poder assistir uma das maiores companhias e orquestras do mundo, na sua cidade?

A companhia Royal Opera House de Londres está com uma temporada imperdível no Cinemark, com muita ópera e dois espetáculos maravilhosos de Ballet: Giselle e Romeu&Julieta. Curtiu? Pois eu também!

Hoje fui assistir Giselle, mas ainda dá tempo, pois haverá outro espetáculo nesta semana. O Romeu&Julieta será ao vivo, pensa só? (Pena que o horário não é lá muito bom…)

A produção está impecável, inclusive com críticos e conhecedores da arte comentando no início e no intervalo. A orquestra é um show, e o Ballet está de babar! O legal de se assistir no cinema são os sons, os detalhes do figurino, a expressão dos artistas, as gotas de suor, tem até cenas dos bastidores. Como a peça foi filmada num espetáculo ao vivo, o público te contagia e a vontade é de aplaudir junto.

O melhor de tudo é que se pode comprar o ingresso sem sair de casa, pelo site do Cinemark.

Boa diversão!

Ana Letícia.
@analeticia

(Foto e vídeo: Cinemark. Texto: Ana Letícia.)